A Cypress assessorou o Grupo Zilor na negociação e estruturação de sua primeira emissão pública com esforços restritos de Debêntures

A Cypress assessorou o Grupo Zilor na negociação e estruturação de sua primeira emissão pública com esforços restritos de Debêntures (ICVM 476), no valor de R$ 560 milhões. A operação é uma da pioneiras na utilização dos Precatórios do IAA (Instituto de Açúcar e Álcool) como garantia.

Os Precatórios do IAA originam-se da ação movida pela Copersucar (cooperativa da qual a Zilor faz parte) contra União, referente a indenizações de prejuízos causados às usinas sucroalcooleiras pela política de controle de preços praticada pelo Governo Federal/IAA durante os anos 80.

Empresas envolvidas: